Marília: “Pacote do Senado é urgente, mas o da Câmara era melhor"




A deputada federal Marília Arraes (PT) defende que o projeto de ajuda aos estados e municípios aprovado pelo Senado seja validado pela Câmara dos Deputados, “porque não há mais tempo a perder”. Porém, para Marília a proposta formulada pela Câmara dos Deputados, e que recebeu o apoio de quase toda a bancada de Pernambuco, além de governadores e prefeitos do Nordeste, era melhor e mais abrangente do que a do Senado. “Teve parlamentar falando demais e que por puro oportunismo se colocou contra a proposta da Câmara dos Deputados, contra tudo e contra todos, só para aparecer na imprensa”. Analistas econômicos avaliam que o pacote aprovado ontem pelo Senado – e que destinará R$ 120 bilhões de ajuda a Estados e Municípios - dos quais R$ 60 bilhões serão de repasse direto -, terá menor impacto do que a proposta inicial da Câmara. Segundo os especialistas, a reposição da perda de ICMS por 6 meses proposta pela Câmara seria bem superior aos R$ 60 bi de repasse feitos inclusive num prazo mais estreito, de 4 meses. No modelo do Senado, o alcance da ajuda é significativamente menor para os Estados e municípios, sobretudo os do Nordeste. “Fica evidente que esses R$ 60 bi não serão suficientes para atender à perda da atividade econômica, de arrecadação do ICMS dos Estados e municípios. Quem se colocou contra o projeto da Câmara precisa se explicar à sociedade”, conclui Marília.

0 visualização0 comentário
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 Marília Arraes

Entre nessa onda

Insira seu número de Whatsapp para saber o que Marília quer para Recife