Marília cobra implementação de Plano Municipal de Mobilidade no Recife



A implementação de um Plano Municipal de Mobilidade Urbana no Recife foi um dos temas debatidos entre a deputada federal Marília Arraes (PT) e Pedro Josephi (PDT) da Frente de Luta pelo Transporte Público (PE), ontem, em live realizada nas redes sociais. Eles também falaram sobre a superlotação dos ônibus na reabertura para o comércio. "Não houve planejamento e as pessoas são obrigadas a andar nos ônibus lotados e a esperar muito mais tempo, já que a frota está reduzida", diz a parlamentar.


"Municípios com mais de 20 mil habitantes são obrigados a ter um Plano Municipal, mas a atual gestão do Recife não liga para a mobilidade da população. Esse é um dos motivos de termos um dos piores trânsitos do mundo", afirma Marília. 


Marília também abordou a necessidade de uma pesquisa de origem e destino sobre a população recifense. A última pesquisa desse tipo foi feita em 1997. "Essas informações são necessárias para sabermos como ocorre o deslocamento das pessoas dentro da cidade", ressalta. "A pesquisa também ajuda a entender como é o fluxo de pessoas entre o Recife e as cidades vizinhas", complementa Pedro Josephi.


Durante o debate, Marília e Pedro também falaram sobre a importância da integração temporal para a circulação de pessoas e usaram como exemplo as cidades de São Paulo e Curitiba. "A integração temporal de duas horas foi uma promessa feita por Paulo Câmara na sua campanha, mas até hoje não saiu do papel", relembra Marília.

2 visualizações0 comentário
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 Marília Arraes

Entre nessa onda

Insira seu número de Whatsapp para saber o que Marília quer para Recife